quarta-feira, 31 de outubro de 2012

PROCEDENTE RECLAMAÇÃO - NÃO ACATADA PELA ELEKTRO

Trata-se de defesa técnica administrativa elaborada pela CONSULTORIA para sócia da ACAEELBAS - Associação dos Consumidores de Água e Energia da Baixada Santista acusada de cometimento de irregularidade no medidor de energia, pela concessionária ELEKTRO - ELETRICIDADE E SERVIÇO no litoral de São Paulo, que entendia cobrar 15.594 KW/h supostamente não registrado, ao valor total de R$ R$ 8.831,46. Daí recursos desta Consultoria foram apresentados, no sentido de desqualificar a ocorrencia, sendo elas desprovidas na agencia e ouvidoria da ELEKTRO, na SAU da ARSESP, mas conseguiu guarida em defesa à Presidência da ARSESP que entendeu dar provimento aos argumentos e fundamentos apresentados no Recurso Administrativo. A ELEKTRO não acatou o parecer de modo a recorrer-se para reverter o entendimento favorável à sócia da ACAEELBAS.