terça-feira, 6 de novembro de 2012

OUTRO CANCELAMENTO DE COBRANÇA POR IRREGULARIDADE NO MEDIDOR DE ENERGIA.

Cliente foi acusado de irregularidade no medidor de energia elétrica, e cobrado diferença a menor em R$ 16.242,72, e após defesa da SOLAR CONSULTORIA a ARSESP entendeu por acatar as justificativas apresentadas no recurso elaborado pela equipe, e CANCELOU totalmente a acusação e o valor apresentado.
Os documentos abaixo demonstra o cancelamento, e os valores apresentados pela CPFL PIRATININGA concessionária de São Paulo.
Os documentos abaixo são reproduzidos com autorização do cliente, tendo em vista não ser documentos restritos e nem tão pouco sigilosos, mas públicos e de conhecimento geral.