sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

MAIS UM CANCELAMENTO DE COBRANÇA POR ACUSAÇÃO DE IRREGULARIDADE.

Trata-se de residencia em Praia Grande,  onde a casa há muito era ocupada para temporada, e que foi acusada, após inspeção no medidor de energia, de fraude, e com valor significativo. O consumidor, após orientação do Vereador de Praia Grande e à época Presidente da Câmara Antonio Resende, indicou que procurasse a ACAEELBAS, que após conhecer o problema, solicitou para que a SOLAR CONSULTORIA elaborasse a defesa técnico/jurídica, e após apresentada na primeira instância "ENERGIA ATIVA" empresa terceirizada responsável pelas inspeções e quem aplicara a multa, entendeu por indeferir. Em nova manifestação à OUVIDORIA da CPFL Piratininga, após análise do òrgão, restou pelo total PROVIMENTO do pedido, e o CANCELAMENTO da irregularidade e cobrança, conforme o documento resposta recebido e publicado abaixo.