quinta-feira, 25 de abril de 2013

DERIVAÇÃO ENCONTRADA ANTES DA MEDIÇÃO - COMPROVADO - CANCELADO ERRO SUBSTANCIAL - SEM UTILIZAÇÃO.

 Residencia passou por inspeção, e foi encontrado derivação de duas fases que se encontrava ligada.
Todavia, os inspetores ñão apontaram a carga que a derivação era utiizada, de modo a lavrar o TOI e daí ``a cobrança de diferença por consumo supostamente utilizado.
A CONSULTORIA SOLAR, após análise dos fatos, defendeu o erro substancial, pelo não levantamento da carga no ato da inspeção, e pelos cabos ligados encontrarem-se sem utilização em caixa no interior da parede. Pesou ainda à defesa e ao procedimento do feito, o consumo posterior sem alteração.
Muito embora fosse indeferido na Agencia e ENERGIA ATIVA terceirizada da CPFL, após novo recurso à Ouvidoria da empresa, entendeu-se por cancelar a cobrança.



Posted by Picasa