quarta-feira, 24 de setembro de 2014

Escola tradicional contratou empresa elétrica para adequação da carga na unidade, o que demandou substituição de caixa e cabos elétricos. Após estudo na rede secundaria pela concessionária CPFL Piratininga foi substituído o medidor de energia. Decorreu que o medidor instalado era recuperado, com lacres de chumbo no vidro. Após a instalação aumentou o consumo de energia o que fez a contratada da concessionária inspecionar o medidor, encontrando o lacre de chumbo que foi entendido como irregular, e de quebra, a acusação de manipulação do mecanismo interno. Houve cobrança de alto valor, com ameaça de corte no fornecimento de energia. Pela internet foi esta consultoria contatada, e defesa foi elaborada com o detalhamento necessário ao cancelamento da acusação e cobrança. Em defesa à ENERGIA ATIVA houve indeferimento, mas retificado após nova defesa pela OUVIDORIA da CPFL Piratininga, com o cancelamento total da acusação e cobrança.
A Consultoria agradece a confiança na equipe SOLAR. 
Documentos reproduzidos com autorização do consumidor, conforme lei.