quarta-feira, 5 de agosto de 2015

Cancelamento de cobrança por acusação de desvio de energia elétrica no interior da parede da residencia.


Procurou-nos, após indicação da ACAEELBAS, a consumidora acusada de cometimento de gato de energia, em sua unidade, ao que lhe foi imputada cobrança no valor de R$ 4.663,76, sob pena de suspensão do fornecimento de energia elétrica. Procurou a agencia para reclamar da cobrança ao que lhe informaram que haviam fotos do desvio e de que nada poderia ser feito ante as evidencias, salvo o pagamento do valor apresentado. Associação dos Consumidores de Água e Energia Elétrica da Baixada Santista foi procurada, e após tomar conhecimento dos detalhes solicitou a esta CONSULTORIA para que fosse elaborada defesa em nome da consumidora. Após ouvir os argumentos da proprietária elaborou defesa, sendo apresentada à OUVIDORIA da CPFL Piratininga. Analisado os fatos pelo órgão, outro não foi o entendimento, salvo retificar o entendimento de su terceirizada ENERGIA ATIVA, e ao acatamento das justificativas apresentadas pela consultoria, dentre as quais, o consumo sem acréscimo, e o erro na instalação, sendo por fim, CANCELADA a acusação de desvio, bem como, a diferença cobrada.
Veja-se a planilha encaminhada pela ACAEELBAS, recebida da CPFL Piratininga, como resposta do cancelamento, ante a falta da comunicação do órgão, bem como, os documentos encaminhados pela ENERGIA ATIVA, que entendeu pela cobrança, mas cancelada pela Ouvidoria da concessionária após defesa técnica elaborada pela SOLAR apresentada pela consumidora.