sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

Consumidora acusada de irregularidade - CANCELADA


Consumidora contatou esta Consultoria reclamando de cobrança de R$ 4.814,85, encaminhada pela concessionária CPFLPiratininga, referente à irregularidade encontrada no medidor de energia que servia sua unidade. Irresignada procurou a agencia para maiores informações, sendo-lhe informada que deveria pagar aquele valor, ou a energia cortada, complementando que a irregularidade acusada versava sobre manipulação no interior do medidor. Após contatar a ACAEELBAS foi direcionada a esta SOLAR CONSULTORIA que esteve no local, e apurou ocorrência de erro de montagem, e após defesa à ENERGIA ATIVA, restou indeferida, mas CANCELADA pela OUVIDORIA da empresa no segundo momento.
A SOLAR e a ACAEELBAS parabeniza a consumidora por ter procurado seus direitos e não ter aceitado o pagamento, mesmo ante a pressão sofrida e o ameaço de ter o fornecimento interrompido.
Documentos reproduzidos abaixo, com autorização da consumidora

.