quinta-feira, 26 de setembro de 2019

Multa por uma irregularidade inexistente..

Mais um caso de acusação de irregularidade em unidade residencial CANCELADA, conforme os documentos anexos.
Este caso foi na casa de pai e filho, frente e fundos, em que uma equipe da ENERGIA ATIVA compareceu e foi atendida pela sua nora, e que dada a insinuosidade dos colaboradores da equipe, ocasionou nervosismo da acompanhante, que nervosa após as investidas, comunicou ao marido; e que tempos depois das inspeções, encontraram as cópias do TOI amassadas na rua (veja-se a foto). E dado à exposição na DEPOL preferiram não prestar queixa do assédio.
Tempos depois, cobrança foram apresentadas de ambas as casas, o que os levaram contatar a ACAEELBAS que juntamente à SOLAR CONSULTORIA passaram a orientar na defesa.
Note-se que mesmo diante da gravidade dos fatos, a terceirizada ENERGIA ATIVA nada fez, indeferindo o recurso. Já em recurso à OUVIDORIA da distribuidora, diante das evidencias houve o CANCELAMENTO TOTAL do valor de R$ 2.783,33.