terça-feira, 31 de março de 2020

MULTA INDEVIDA APLICADA PELA CPFL PIRATININGA



Em inspeção na consumidora, equipe verificou que os lacres estavam violados e colados, e que havia manipulação na leitura. Foi lavrado TOI e dado cópia ao marido da responsável.
Tempos depois, comunicação foi entregue na residencia com cobrança no valor de R$ 30.284,08, que foi baseado nos três maiores consumos de energia na unidade.
A consumidora contatou a ACAEELBAS que por sua vez repassou o caso à SOLAR CONSULTORIA, que de pronto verificou várias inconformidades, que foram apresentados à consumidora que aceitou a prestação dos serviços de consultoria com a elaboração das defesas em nome da responsável da unidade, que foi plenamente acatada pela Ouvidoria da CPFL PIRATININGA, e CANCELADA TOTALMENTE a cobrança com base nas justificativas técnicas apontadas.

VALOR CANCELADO: R$ 30.284,08

Os documentos são públicos e autorizados pela responsável.

A SOLAR CONSULTORIA agradece a confiança.