quarta-feira, 30 de junho de 2021

CONSUMIDOR FOI PRESO POR ACUSAÇÃO DE GATO DE LUZ PELA DISTRIBUIDORA, E TEVE A MULTA CANCELADA PELA DISTRIBUIDORA!

Em 04.03.2021, equipe da CPFL Piratininga compareceu na unidade (PADARIA EMPÓRIO COLINA), em 04.03.2021, acompanhado com a Policia Civil e Peritos do Inst. Criminalística, e inspecionaram a entrada de energia elétrica, e encontraram fio de um dos TC's (transformador de corrente) cortado, a caracterizar furto de energia elétrica. 
O responsável foi autuado em flagrante delito e preso onde ficou três dias a sair na audiência de custódia.
Dias depois, o caso foi divulgado nos jornais da região, jornais televisivos e pela rede mundial de computadores.
Dias depois, a ACAEELBAS foi procurada, e indicou esta SOLAR CONSULTORIA para auxiliar na condução da defesa administrativa sobre a cobrança que ainda estava a ser calculada.
Coube a ACAEELBAS contatar a Gerencia de Recuperação de Energia em Campinas, sobre a diferença a menor de energia que seria cobrado, pela irregularidade do rompimento do fio do TC, no que foi informada do valor de R$ 25.458,40, correspondente a 31.823 KWh calculado pela média dos maiores consumos registrados 4.840.00 KWh do período de 24.04.2018 até 17.02.2021, naquela altura, em análise.
Diante dos valores apresentados, e antes mesmo de ser eles lançados efetivamente no sistema da distribuidora, coube a informação de que o local ficou parcialmente fechado em razão de reforma, no que foi pedido consumo de água do período, o que levou à retificação dos valores antes mesmo do lançamento no sistema, a ser lançado o valor de R$ 3.959,59 de diferença dos meses de 12.2020, 01 e 02.2021.
Lançado os valores, a SOLAR CONSULTORIA elaborou a defesa com todas as considerações sobre a impossibilidade do acometimento pelo responsável da unidade, a levantar a suspeição do próprio eletricista contratado para a reforma interna, pois seria ele amigo do proprietário do prédio interessado na desocupação do imóvel, além de sua filha ser Engenheira Eletricista da distribuidora.
A par destas informações, e de outros elementos levantados, esta SOLAR Consultoria logrou êxito nas defesas elaboradas, com o CANCELAMENTO total da cobrança de diferença de consumo de energia.
A CPFL Piratininga acusou o consumidor de cometimento de furto de energia, noticiou o crime à Policia Civil, realizou com os Peritos da Policia Civil o rompimento do fio, e concorreu com a prisão do empresário que ficou preso três dias; e graças a eficiência dos trabalhos realizados na defesa pela Equipe SOLAR Consultoria, a própria CPFL Piratininga reconheceu o excesso e CANCELOU a cobrança imposta.

A CONSULTORIA SOLAR agradece a confiança.